O que a Palavra de Deus fala sobre São Miguel Arcanjo?

São Miguel é um dos três arcanjos a quem os católicos costumam nutrir uma fiel e especial devoção, a fim de pedir-lhe proteção e libertação dos ataques do inimigo de Deus. Afinal, ele é conhecido por ser um guerreiro de Deus contra o mal. O nome Miguel do hebraico significa “Quem como Deus?” – o que quer dizer que ninguém é como Deus. Mas, enfim, como confirmamos a sua existência e comprovamos o seu auxílio? O que encontramos sobre São Miguel Arcanjo na Bíblia?

Existem apenas quatro textos sobre o Arcanjo São Miguel nas Sagradas Escrituras. Dois deles encontram-se no livro de Daniel, um no livro de Judas e o outro no livro do Apocalipse de São João. Vejamos o que cada um desses textos bíblicos relatam sobre São Miguel Arcanjo.

No livro de Daniel

No capítulo 10, o profeta Daniel escreveu: “O chefe do reino persa resistiu-me durante vinte e um dias; porém, Miguel, um dos principais chefes, veio em meu socorro. (…) Contra esses adversários não há ninguém que me defenda a não ser Miguel, vosso chefe” (Dn 10,13.22).

Já no capítulo 12, o autor bíblico relatou: “Naquele tempo se levantará o grande príncipe Miguel, que é o protetor dos filhos do vosso povo” (Dn 12,1).

No livro de Judas

A Epístola de Judas narra uma cena que demonstra São Miguel Arcanjo nos defendendo do demônio no momento da morte. Diz o texto: “Ora, quando o arcanjo Miguel discutia com o demônio e lhe disputava o corpo de Moisés, não ousou fulminar contra ele uma sentença de execração, mas disse somente: Que o próprio Senhor te repreenda!” (Jd 1,9).

No livro do Apocalipse

O apóstolo João, autor do livro Apocalipse, narra a tão conhecida batalha entre os anjos bons e os anjos maus. Nela, está São Miguel Arcanjo: “Houve uma batalha no céu. Miguel e seus anjos tiveram de combater o Dragão. O Dragão e seus anjos travaram combate, mas não prevaleceram. E já não houve lugar no céu para eles” (Ap 12,7-8).

Outra menção Bíblica

Há ainda outro episódio que supostamente faz referência a São Miguel Arcanjo na Bíblia. Apesar de não citar o nome do arcanjo, Josué menciona uma figura, cuja descrição é possível considerar ser São Miguel Arcanjo. A Sagrada Escritura narra: “Josué encontrava-se nas proximidades de Jericó. Levantando os olhos, viu diante de si um homem de pé, com uma espada desembainhada na mão. Josué foi contra ele: ‘És dos nossos – disse ele – ou dos nossos inimigos?’. Ele respondeu: ‘Não! Venho como chefe do exército do Senhor’.” (Jos 5,13-14).

São Miguel Arcanjo é nosso protetor

De acordo com esses textos sobre São Miguel Arcanjo na Bíblia que acabamos de ler, e ainda segundo a tradição da Igreja, esse Arcanjo possui 4 importantes e imprescindíveis funções. São elas:

  • Conduzir as almas para o céu, depois de tê-las pesado na balança da justiça divina;
  • Defender a Igreja e o povo cristão dos ataques do inimigo de Deus, ou seja, do demônio;
  • Resgatar as almas dos fiéis do poder do inimigo de Deus, especialmente na hora da morte;
  • E lutar contra Satanás.

A representação de Arcanjo Miguel

Como um soldado de Deus, São Miguel é representado com roupas de um guerreiro, segurando em sua mão direita uma espada. Na mão esquerda, algumas imagens apresentam o arcanjo segurando um escudo, uma espada ou uma lança, e há outras em que ele segura também uma balança – representando a justiça de Deus, a salvação. O que não muda, é que em todas as representações o arcanjo está sempre em posição de ataque, segundo a descrição do apóstolo Judas, esmagando com o seu calcanhar a cabeça do demônio que está prostrado ao chão.

São Miguel Arcanjo, defendei-nos no combate!

Comentário

Your email address will not be published.Required fields are marked *

Facebook Twitter Instagram YouTube