Quaresma de São Miguel Arcanjo: tempo oportuno para as graças de Deus em nossa vida

Uma prática devocional que tem se espalhado cada vez mais entre os católicos e adquirido novos adeptos é a Quaresma de São Miguel Arcanjo.

E são muitos os que narram as graças alcançadas por meio deste tempo forte de oração. Mas, você sabe como surgiu a Quaresma de São Miguel Arcanjo? Sabe como e quando rezar?

É sobre isso que vamos tratar aqui! Mas antes vamos falar um pouco sobre São Francisco de Assis, e você já vai entender o porquê.

São Francisco, como todo santo, procurava nutrir sua alma com muita oração e penitência para que seu amor por Jesus não se esfriasse. Quem dera cada um de nós pensasse dessa forma! Mas a atitude do santo não parava por aí. 

Ao longo do ano ele costumava subir ao Monte Alverne para vivenciar três Quaresmas:  em preparação para a páscoa; outra que começava na festa de São Pedro e São Paulo Apóstolos (29 de junho) até a festa da Assunção de Nossa Senhora – para honrar a Virgem Maria, a quem devotava um profundo amor; e a terceira, iniciando na Festa da Assunção de Nossa Senhora (15 de agosto) até o dia 28 de setembro, véspera da festa do Arcanjo São Miguel – por sua profunda devoção a ele.

Cabe aqui uma observação: Atualmente celebramos no dia 29 de setembro os Arcanjos São Miguel, São Rafael e São Gabriel. No entanto, no tempo de São Francisco a Igreja celebrava nesta data apenas o dia de São Miguel Arcanjo. Foi apenas depois da reforma litúrgica que se seguiu ao Concílio Vaticano II que a data passou a ser dedicada também aos arcanjos São Rafael e São Gabriel.

Portanto, a Quaresma de São Miguel Arcanjo que rezamos hoje é fruto da intensa piedade de São Francisco. E foi em uma das Quaresmas do Arcanjo São Miguel que Deus concedeu a ele o dom dos estigmas, pelo seu profundo desejo de imitar a Jesus Cristo.

Quaresma de São Miguel Arcanjo, quando rezar?

A exemplo de São Francisco, costumamos rezar a Quaresma de São Miguel de 15 de agosto a 28 de setembro, em preparação para a festa dos Santos Arcanjos, que é no dia 29.

São cerca de quarenta dias (tempo espiritual e não cronológico) nos quais nos abrimos para a graça de Deus com o auxílio do Arcanjo que tem como missão conduzir as almas para o céu.

Como rezar a Quaresma de São Miguel?

Para rezar com maior proveito a Quaresma de São Miguel, segue algumas sugestões!

  • Prepare um pequeno altar com a imagem de São Miguel Arcanjo.
  • Escolha uma penitência para esse tempo quaresmal e se mantenha fiel.
  • Acenda uma vela abençoada no momento da tua oração.
  • Peça a graça que pretende obter com o auxílio de São Miguel Arcanjo.
  • Faça o sinal da cruz e reze todos os dias: a oração inicial, a ladainha de São Miguel e a consagração a São Miguel. Se desejar, pode rezar também o Rosário de São Miguel.

Outras recomendações

Mais do que um instrumento para alcançar graças, a Quaresma de São Miguel é um tempo oportuno de transformação de vida. Por isso, a Igreja também recomenda para este período:

  • Confessar-se antes, durante ou logo depois da Quaresma. 
  • Participar da santa Missa dominical – ou, se possível, diariamente.
  • Participar da Missa da Festa dos Santos Arcanjos no dia 29 de setembro.

Orações da Quaresma de São Miguel

Oração inicial

São Miguel Arcanjo, defendei-nos no combate, sede o nosso refúgio contra as maldades e as ciladas do demônio. Ordene-lhe Deus, instantemente o pedimos, e vós, ó príncipe da milícia celeste, pelo divino poder, precipitai no inferno a satanás e a todos os espíritos malignos, que andam pelo mundo para perder as almas. Amém.

Sacratíssimo Coração de Jesus, tende piedade de nós! (3x)

Ladainha a São Miguel Arcanjo

Senhor, tende piedade de nós.

Jesus Cristo, tende piedade de nós.

Senhor, tende piedade de nós.

Jesus Cristo, ouvi-nos.

Jesus Cristo, atendei-nos.

Pai Celeste, que sois Deus, tende piedade de nós.

Filho, Redentor do Mundo, que sois Deus, tende piedade de nós.

Espírito Santo, que sois Deus, tende piedade de nós.

Santíssima Trindade, que sois um único Deus, tende piedade de nós.

Santa Maria, Rainha dos Anjos, rogai por nós.

São Miguel, rogai por nós.

São Miguel, cheio da graça de Deus…

São Miguel, perfeito adorador do Verbo Divino…

São Miguel, coroado de honra e de glória…

São Miguel, poderosíssimo Príncipe dos exércitos do Senhor…

São Miguel, porta-estandarte da Santíssima Trindade…

São Miguel, guardião do Paraíso…

São Miguel, guia e consolador do povo israelita…

São Miguel, esplendor e fortaleza da Igreja militante…

São Miguel, honra e alegria da Igreja triunfante…

São Miguel, Luz dos Anjos…

São Miguel, baluarte dos Cristãos…

São Miguel, força daqueles que combatem pelo estandarte da Cruz…

São Miguel, luz e confiança das almas no último momento da vida…

São Miguel, socorro muito certo…

São Miguel, nosso auxílio em todas as adversidades…

São Miguel, arauto da sentença eterna…

São Miguel, consolador das almas que estão no Purgatório…

São Miguel, a quem o Senhor incumbiu de receber as almas que estão no Purgatório…

São Miguel, nosso Príncipe…

São Miguel, nosso Advogado…

Cordeiro de Deus, que tirais o pecado do mundo, perdoai-nos, Senhor.

Cordeiro de Deus, que tirais o pecado do mundo, atendei-nos, Senhor.

Cordeiro de Deus, que tirais o pecado do mundo, tende piedade de nós.

Rogai por nós, ó glorioso São Miguel, Príncipe da Igreja de Cristo, para que sejamos dignos de Suas promessas. Amém!

Oremos: Senhor Jesus Cristo, santificai-nos, por uma bênção sempre nova, e concedei-nos, pela intercessão de São Miguel, esta sabedoria que nos ensina a ajuntar riquezas do Céu e a trocar os bens do tempo presente pelos da eternidade. Vós que viveis e reinais em todos os séculos dos séculos. Amém!

Ao final, reza-se:

Um Pai Nosso em honra de São Gabriel.

Um Pai Nosso em honra de São Rafael.

Um Pai Nosso em honra de São Miguel Arcanjo.

Oremos: Gloriosíssimo São Miguel, chefe e príncipe dos exércitos celestes, fiel guardião das almas, vencedor dos espíritos rebeldes, amado da casa de Deus, nosso admirável guia depois de Cristo; vós, cuja excelência e virtudes são eminentíssimas, dignai-vos livrar-nos de todos os males, nós todos que recorremos a vós com confiança, e fazei pela vossa incomparável proteção, que adiantemos cada dia mais na fidelidade em servir a Deus.

Rogai por nós, ó bem-aventurado São Miguel, príncipe da Igreja de Cristo.

Para que sejamos dignos de suas promessas. Amém.

Oração: Deus, todo poderoso e eterno, que por um prodígio de bondade e misericórdia para a salvação dos homens, escolhestes para príncipe de Vossa Igreja o gloriosíssimo Arcanjo São Miguel, tornai-nos dignos, nós vo-lo pedimos, de sermos preservados de todos os nossos inimigos, a fim de que, na hora da nossa morte, nenhum deles nos possa inquietar, mas que nos seja dado de sermos introduzidos por ele na presença da Vossa poderosa e augusta Majestade, pelos merecimentos de Jesus Cristo, Nosso Senhor. Amém.

Consagração a São Miguel Arcanjo

Ó Príncipe nobilíssimo dos Anjos, valoroso guerreiro do Altíssimo, zeloso defensor da glória do Senhor, terror dos espíritos rebeldes, amor e delícia de todos os Anjos justos, meu diletíssimo Arcanjo São Miguel: desejando eu fazer parte do número dos vossos devotos e servos, a vós hoje me consagro, me dou, me ofereço e ponho-me a mim próprio, a minha família e tudo o que me pertence, debaixo da vossa poderosíssima proteção.

É pequena a oferta do meu serviço, sendo como sou um miserável pecador, mas vós engrandecereis o afeto do meu coração. Recordai-vos que de hoje em diante estou debaixo do vosso sustento e deveis assistir-me em toda a minha vida e obter-me o perdão dos meus muitos e graves pecados, e a graça de amar a Deus, meu Salvador, de todo o coração, e a minha Mãe Maria Santíssima. Obtende-me aqueles auxílios que me são necessários para obter a coroa da eterna glória.

Defendei-me dos inimigos da alma, especialmente na hora da morte. Vinde, ó príncipe gloriosíssimo, assistir-me na última luta e com a vossa arma poderosa lançai para longe, precipitando nos abismos do inferno, aquele anjo quebrador de promessas e soberbo que um dia prostrastes no combate no Céu.

São Miguel Arcanjo, defendei-nos no combate para que não pereçamos no supremo juízo. Amém.

Comentário

Your email address will not be published.Required fields are marked *

Facebook Twitter Instagram YouTube