Lectio Divina o que é e como fazer

A Lectio Divina é uma antiga prática espiritual que tem ganhado força entre os cristãos de hoje. Trata-se de uma leitura orante das Sagradas Escrituras. A leitura orante é como um alimento espiritual a partir da vivência da Palavra de Deus que passa a produzir frutos em nossa vida. “A quem iríamos nós? Tu tens as palavras da vida eterna” (Jo 6,68)

Antes de compreender o que é a Lectio Divina, vamos saber como ela surgiu e como inseri-la no cotidiano de nossas vidas.

Como surgiu a Lectio Divina?

No século XII, por volta do ano 1500, o exercício da Lectio Divina era uma oração praticada por monges. Essa oração era vista por eles como uma escada que nos leva ao céu. “É verdade, essa escada tem poucos degraus, mas ela é de uma altura tão imensa e inacreditável que, enquanto a sua extremidade inferior se apoia na terra, a parte superior penetra nas nuvens e investiga os segredos do céu”, explicou Guido, o monge que sistematizou a Lectio Divina como conhecemos hoje.

Esse monge publicou um livro chamado a “A escada dos monges”, onde ele explica qual é a didática da Lectio Divina e como praticá-la. Contudo, ele não foi o inventor dessa oração. Na verdade, ele se inspirou em Orígenes, num conhecido mestre cristão de Alexandria. Orígenes, por influência da tradição judaica que praticava a leitura do Torah e dos escritos dos profetas nas sinagogas, decidiu estabelecer também a Lectio (leitura) da Bíblia na Igreja.

Como essa prática chegou a nossos tempos?

Foi a partir do Concílio Vaticano II, no século XX, que essa oração foi resgatada dos mosteiros e passou a ser colocada em prática entre o povo de Deus. Isso simboliza o reconhecimento da centralidade que a Palavra de Deus tem na vida da Igreja. Anos depois, João Paulo II expressou: “O modo de interpretar os textos bíblicos para os homens e as mulheres de hoje tem consequências diretas sobre a relação pessoal e comunitária dos mesmos com Deus, e está também estreitamente ligado à missão da Igreja” (A interpretação da Bíblia na Igreja. 1993).

Hoje em dia, a Lectio Divina vem ganhando cada vez mais forças entre as comunidades cristãs e se tornado cada vez mais presente na vida do leigo como uma oração particular. É comum encontrarmos também em muitas paróquias momentos de Lectio Divina em comunidade.

O que a Lectio Divina pode representar na minha vida?

A Lectio Divina é um exercício de oração pessoal que nos permite crescer na amizade com Deus. É um encontro com Ele a partir da leitura orante das Sagradas Escrituras. É um alimento espiritual para a nossa alma que anseia por Deus. E por que a praticamos? “Porque Ele sacia o sedento e satisfaz plenamente o faminto” (Salmo 107,9).

A prática da Lectio Divina nos ajuda a viver a Palavra de Deus e a vermos Seus frutos sendo produzidos em nós. Quais são os furtos? São muitos: bondade, paz, caridade, a prática da misericórdia e muitas outras graças que o Senhor deseja nos conceder.

Por meio da Lectio Divina buscamos os planos de Deus e viver segundo a Sua vontade. Abrimos nossos olhos espirituais para contemplar a Deus, nossos ouvidos para ouvir a Sua Palavra e nosso coração para que Ele possa incutir em nós o Seu amor. 

Como rezar a Lectio Divina?

Como já dissemos, a Lectio Divina é um exercício espiritual individual, mas que também pode ser feito em grupo. Se você optou por fazer sozinho, escolha um ambiente tranquilo para que esse momento não tenha interferências.

Mediante uma atitude de fé, a prática da Lectio Divina é composta por quatro passos: Lectio (leitura), meditatio (meditação), oratio (oração) e contemplativo (contemplação). Saiba como agir em cada um desses passos:

Lectio (leitura) da Bíblia: Selecione um trecho bíblico. Sugerimos que comece pelos Evangelhos. Leia o texto pausadamente. Mas, atenção: não se trata de uma simples leitura! Leia e releia o texto várias vezes até que você tenha conseguido assimilar seu conteúdo por completo. Observe atentamente os personagens, os diálogos, e o que eles representam.

Meditativo (Meditação): Procure interiorizar cada palavra do que leu. Repetir mentalmente uma palavra ou uma frase do texto pode ajudar nesse passo. Fale para si mesmo o que você compreendeu do texto bíblico que leu. Questione-se: O que Deus tem para me dizer por meio dessa Palavra? O que este texto diz para a minha vida?

Oratio (Oração): É chegado o momento da oração. Neste momento você deve começar um diálogo com Deus. A oração que brotar do teu coração é a tua resposta para Ele sobre aquilo que leu e meditou. Peça ao Senhor que te ajude a colocar a Sua Palavra em prática.

Contemplatio (Contemplação): O último passo da Lectio Divina é a contemplação. Em silêncio, permaneça na presença de Deus e saboreie aquilo que você experimenta em seu íntimo nesse momento. É provável que você comece a perceber Deus agindo em tua alma, transformando o teu ser e renovando tuas forças. Perceba o que Deus quer de você, quais frutos você pode oferecer a Ele com a tua vida.

Comentário

Your email address will not be published.Required fields are marked *

Facebook Twitter Instagram YouTube