Pastoral da Solidariedade: Todos somos parte do milagre de Deus

Para que a Providência Divina aconteça na vida dos necessitados Deus conta com a nossa ajuda. Se Deus não quisesse dessa maneira, Jesus não teria pedido que Lhe trouxessem os cinco pães e os dois peixes para serem multiplicados e assim alimentar o povo faminto (cf. Mateus 14,13-21). 

Como Filho de Deus, Ele poderia ter realizado aquele milagre por si só. Mas não foi o que Ele fez. 

Isso nos ensina que nós somos colaboradores da graça Divina. Por isso, cada um precisa fazer a sua parte. 

Além disso, quando fazemos o bem a alguém é ao próprio Cristo que fazemos, conforme Ele mesmo disse: “Em verdade eu vos declaro: todas as vezes que fizestes isso a um destes meus irmãos mais pequeninos, foi a mim mesmo que o fizestes” (Mateus 25,40).

Neste sentido, é inadmissível que o cristão ignore a condição precária de vida de seus irmãos em Cristo. E foi enxergando a realidade de tantas famílias carentes no entorno da Basílica de São Miguel Arcanjo que surgiu, em novembro de 2016, a Pastoral da Solidariedade.

Como acontece o trabalho da Pastoral da Solidariedade na Basílica São Miguel Arcanjo?

Atualmente a Pastoral da Solidariedade oferece assistência a cerca de 50 famílias todo mês.  Destas, 35 são famílias cadastradas que recebem a visita dos membros da pastoral com frequência. O restante são famílias que procuram ajuda devido a uma necessidade do momento, seja por desemprego, doença e outros motivos.

Para essas famílias são entregues cestas básicas, remédios e ajuda para exames, contas como água, luz, gás, roupas, material de construção conforme a possibilidade da Pastoral.

De onde vêm os recursos para esta Pastoral?

A ajuda vem de todos os lados. Dos paroquianos, dos próprios membros da Pastoral da Solidariedade e de empresas da região e de outros municípios. 

Todo aquele que contribui está sendo sinal da Divina Providência na vida das famílias necessitadas. Essas famílias, além de receberem o que necessitam naquele momento, ainda renovam sua esperança em Deus. 

Tempo de Solidariedade

No Tempo da Quaresma, a Pastoral da Solidariedade propôs para a comunidade uma campanha para arrecadar roupas para a manutenção do bazar. 

A proposta convida os paroquianos a doarem de coração, peças em boas condições, que possam de fato beneficiar o próximo, demonstrando desapego aos bens materiais. 

A campanha também arrecada doações de alimentos e de cobertores, já se antecipando ao inverno.

A ideia é intensificar a ajuda às famílias, especialmente durante a Quaresma que é um tempo onde somos convidados a nos aproximarmos dos irmãos pela prática da caridade.  

Quero ajudar, como faço?

A Pastoral da Solidariedade da Basílica de São Miguel trabalha de segunda a sexta-feira, das 9h às 12h e das 13h30 às 17h, e aos sábados das 9h às 12h.

A sede da Pastoral fica atrás da Basílica, na rua Governador Pedro de Toledo, 603.


“Dê cada um conforme o impulso do seu coração, sem tristeza nem constrangimento. Deus ama o que dá com alegria”. (2 Coríntios 9,7)

Comentário

Your email address will not be published.Required fields are marked *

Facebook Twitter Instagram YouTube